“Segunda-feira dia 07/02, volta às aulas, do nosso ano letivo 2011.”

segunda-feira, 26 de maio de 2008

Seminário DST e AIDS



TRABALHO DESENVOLVIDO NO COLÉGIO ESTADUAL JULIÃO NOGUEIRA PELAS ESTAGIÁRIAS DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM DA UNIVERSIDADE SALGADO DE OLIVEIRA.

O que são doenças sexualmente transmissíveis?

As Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST) são doenças causadas por vários tipos de agentes. São transmitidas, principalmente, por contato sexual sem o uso de camisinha, com uma pessoa que esteja infectada e, geralmente, se manifestam por meio de feridas, corrimentos, bolhas ou verrugas.

As DST podem ser transmitidas:

1- Da mãe infectada para o bebê durante a gravidez ou durante o parto .
2- Por transfusão de sangue contaminado ou compartilhamento de seringas e agulhas, principalmente no uso de drogas injetáveis.
3- Por relações sexuais sem o uso de preservativos.

CONDILOMA ACUMINADO

O condiloma acuminado se caracteriza pelo aparecimento de verrugas. Essas verrugas podem aparecer no pênis, na vagina e/ou no ânus. O condiloma é causado pelo HPV (papiloma vírus humano). O tratamento é feito à base de aplicação de ácido ou extração cirúrgica, mas não garante o desaparecimento definitivo das verrugas, e elas podem voltar a aparecer no mesmo local. Não tem cura para o condiloma . A pessoa uma vez infectada pelo vírus causador desta doença pode ter várias recaídas, e as verrugas voltarem a aparecer, mesmo após terem sido retiradas. O não tratamento ou o tratamento feito de forma inadequada pode contribuir para que o condiloma evolua para o câncer: nas mulheres câncer de colo uterino; nos homens câncer de pênis ou de próstata.

GONORRÉIA

A gonorréia é a DST mais frequentemente diagnosticada entre os homens. Mas pode atingir também as mulheres. As mulheres podem não apresentar sinais e/ou sintomas, mas mesmo assim podem transmitir a gonorréia para seu(s) parceiro(s) em relações sexuais desprotegidas, ou seja, sem o uso da camisinha (preservativo). A GONORRÉIA possui cura. Mas o não tratamento, ou o tratamento inadequado, pode causar esterilidade ou deformidades em crianças nascidas de mães com esta DST. Seus principais sintomas são: corrimento amarelo ou esverdeado em abundância, dor ou ardência ao urinar e mal cheiro.

HERPES GENITAL

O Herpes genital é uma doença sexualmente transmissível bastante freqüente, tanto em homens como em mulheres, é causado pelo Herpes vírus. Os sinais e sintomas mais comuns são: ardência e vermelhidão no pênis ou na vagina e aparecimento de bolhas (vesículas) que estouram e formam feridas muito dolorosas. Algumas pessoas podem estar infectadas sem apresentar sinais e sintomas, e, mesmo assim, transmitir a doença para outras pessoas. As feridas podem durar de 1 a 3 semanas e desaparecerem, mesmo sem tratamento.O Herpes é uma doença causada por vírus e não tem cura, mas tem controle com medicamentos. O tratamento, feito à base de medicamentos (comprimidos e/ou pomadas), serve somente para que os sinais e sintomas desapareçam. Mas isso não quer dizer que a pessoa esteja definitivamente curada do Herpes. Sempre que, por algum motivo, o organismo da pessoa infectada ficar fraco, os sinais e sintomas reaparecerão.

CANCRO MOLE

Os primeiros sintomas aparecem de dois a cinco dias após relação sexual desprotegida com portador da doença, período que pode se estender até duas semanas, logo após surgem uma ou mais feridas pequenas com pus. Após algum tempo, forma-se uma ferida úmida e bastante dolorosa, que se espalha e aumenta de tamanho e profundidade. A seguir, surgem outras feridas em volta das primeiras. A manifestação dessa doença também pode vir acompanhada de dor de cabeça, febre e fraqueza. O cancro mole é tratado com medicamentos à base de antibióticos, sabonetes e loções. Além do tratamento, deve-se realizar intensa higiene local. O cancro mole é transmitido pela prática de sexo (vaginal, anal ou oral) desprotegido com pessoa contaminada.

SÍFILIS

É uma doença que manifesta-se em três estágios: primária, secundária e terciária. Os dois primeiros estágios apresentam as características mais marcantes da infecção , quando se observam os principais sintomas(pequenas feridas nos órgãos sexuais e ínguas) .Depois, ela desaparece durante um longo período: a pessoa não sente nada e apresenta uma aparente cura das lesões iniciais, mesmo em casos de indivíduos não tratados. A doença pode ficar, então, estacionada por meses ou anos, até o momento em que surgem complicações graves como manchas por várias parte do corpo(inclusive nas palmas das mãos e solas dos pés), cegueira, paralisia, doença cerebral, problemas cardíacos, podendo inclusive levar à morte. O tratamento mais indicado para a sífilis é a utilização do mais antigo dos antibióticos: a penicilina. O maior problema do tratamento é o seu diagnóstico, visto que a sífilis pode ser confundida com muitas outras doenças. Os pacientes devem evitar ter relação sexual até que o seu tratamento (e do parceiro com a doença) se complete.

SÍFILIS CONGÊNITA

A sífilis pode se manifestar logo após o nascimento ou durante os primeiros dois anos de vida da criança. Na maioria dos casos, os sinais e sintomas estão presentes já nos primeiros meses de vida. Ao nascer, a criança infectada pode apresentar problemas muito sérios, entre eles: pneumonia, feridas no corpo, cegueira, dentes deformados, problemas ósseos, surdez ou retardamento. A doença pode também levar à morte. Há ocorrências em que a criança nasce aparentemente normal e a sífilis se manifesta só mais tarde, após o segundo ano de vida. A transmissão da mãe infectada para o bebê pode ocorrer em qualquer fase da gestação ou durante o parto.

DONOVANOSE

Os sintomas podem incluir caroços e feridas de aspecto vermelho vivo e sangramento fácil. Após a infecção, surge uma lesão na região da genitália que lentamente se desenvolve em forma de úlcera ou caroço vermelho que, progressivamente, vai danificando a pele a sua volta. É tratada com antibióticos. Após terminar o tratamento, o paciente deverá retornar ao médico para certificar-se de que todas as feridas sararam e a infecção está completamente curada.

O QUE É AIDS?

Síndrome causada pela infecção do organismo humano pelo HIV (vírus da imunodeficiência adquirida). O HIV compromete o funcionamento do sistema imunológico humano, impedindo-o de executar adequadamente sua função de proteger o organismo contra as agressões externas, tais como: bactérias, outros vírus, parasitas e células cancerígenas. Mesmo apresentando resultado positivo para a infecção pelo HIV, um indivíduo pode não estar com a AIDS. A AIDS representa o estágio mais avançado da infecção pelo HIV, quando o sistema imunológico já se encontra bastante comprometido e surgem determinadas infecções, conhecidas como doenças oportunistas.

SINTOMAS

A infecção pelo HIV é um processo de longa duração que passa por diferentes estágios. A duração e a gravidade de cada estágio dependem de vários fatores relacionados tanto ao vírus quanto ao indivíduo infectado e apresenta sintomas diferentes. As manifestações podem resultar em gripe persistente, perda de peso progressiva, diminuição da força física, febre intermitente, dores musculares, suores noturnos, diarréia, entre outras reações. Quando a infecção pelo HIV já está avançada, começam a aparecer doenças oportunistas, tais como: tuberculose, pneumonia, diarréia crônica, carcinoma(câncer),hanseníase,dermatites, etc...

FORMAS DE CONTÁGIO

Contato sexual desprotegido com pessoa soropositivo; contato direto com sangue contaminado (que inclui compartilhamento de agulhas para injeção de drogas; transfusões de sangue inadequada; acidentes com materiais biológicos, que gerem contato direto destes com mucosas, com pele lesionada ou ferida e com tecidos profundos do corpo, permitindo o acesso à corrente sangüínea); da mãe portadora do HIV para o filho, durante a gestação, o parto ou pelo aleitamento.

VIAS DE TRANSMISSÃO

Sanguínea; sexual; de mãe para filho(gestação ou parto); muito raramente pelo leite materno, mas nunca através do contato direto com outros líquidos orgânicos (saliva, urina, suor, lágrimas). não há transmissão através da pele ou beijo; através da partilha de toalhas ou roupa; através das casas de banho ou piscinas; através dos talheres e pratos; através das picadas de mosquito.

TRATAMENTO DA AIDS

A AIDS ainda não tem cura e caso não seja tratada, ou seja tratada de maneira inadequada, pode resultar em morte. O tratamento da AIDS é feito com medicamentos anti-retrovirais, drogas que inibem a reprodução do HIV no sangue. A associação desses medicamentos é popularmente conhecida como "coquetel". Também faz parte do tratamento contra a AIDS o controle do avanço da doença, feito por meio dos testes realizados regularmente de acordo com o pedido da equipe médica. Com a terapia anti-retroviral tem-se melhorado a qualidade de vida em todos os estágios da infecção e ampliado a sobrevida das pessoas portadoras do HIV. As doenças oportunistas são, em sua maioria, tratáveis, mas há necessidade de uso contínuo de medicações para o controle dessas manifestações.

ESTAGIÁRIAS
Mayara Carvalho
Anna Carolina Passos
Chênnia Poubel
Clarice Manhães
Danielle Castilho
Lara Almeida
Jaciane Melo
Dircela Gomes
Fernanda Gonçalves
Rachel Machado

5 comentários:

C.E.Julião Nogueira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Aizê de Aquino disse...

Essa é a Escola que sonho: participativa... alegre...um espaço onde o aluno é feliz!
Parabéns estagiárias da UNIVERSO ( Universidade tão querida). Parabéns Coordenadora Pedagógica, Irecy Damasceno. Parabéns alunos queridos, pois sem vocês nada seria possível.
Um beijo carinhoso para todos. Amo vocês!Agora, com o que aprenderam passem a se amar e fugir das "doenças" do corpo e da alma.

Mayara Carvalho disse...

O trabalho foi maravilhoso, adorei de verdade apresentar no Julião Nogueira, foi muito bom e melhor ainda foi o apoio da coordenação(Ereci) com nos alunas..
Agradço a todos do Julião Nogueira...
ameeiii o videooo
;)
um beiijo enorme pra vc's!

Mayara Carvalho disse...

O trabalho foi maravilhoso, adorei de verdade apresentar no Julião Nogueira, foi muito bom e melhor ainda foi o apoio da coordenação(Ereci) com nos alunas..
Agradço a todos do Julião Nogueira...
ameeiii o videooo
;)
um beiijo enorme pra vc's!

Mayara Carvalho disse...

O trabalho foi maravilhoso, adorei de verdade apresentar no Julião Nogueira, foi muito bom e melhor ainda foi o apoio da coordenação(Ereci) com nos alunas..
Agradço a todos do Julião Nogueira...
ameeiii o videooo
;)
um beiijo enorme pra vc's!

 
©2009 Alexandre Fernandes Por Orkut